Organização, Mistica e Simbologia

Detalhes
Categoria: Caminheiros
Publicado em 10-01-2013
Visitas: 5908

 Organização

 

Unidade: Clã

Escalão Etário: dos 18 aos 22 anos

Local onde se reúnem: Albergue

Cor da secção: Vermelho e branco

Principal atividade: Caminhar

Patrono de secção: São Paulo

Organização: Equipas de 5 a 8 elementos

Dos 18 anos até aos 22, os jovens encontram-se numa encruzilhada: a esperança e o desejo de encontrar um lugar no mundo dos adultos vem chocar com a angústia e o medo de não o conseguir.

É a idade das grandes opções. Através da autonomia progressiva em relação ao grupo, da aceitação de responsabilidades para com os outros, o Escutismo propõe-lhes uma verdadeira "partida" para uma vida construtiva e livre na sociedade dos Homens.

 

 


Mistica

A mística da IV secção está associada ao ideal de "fazer caminho".

Um caminho, com rumo certo para o "Homem Novo" e que assenta em valores muito concretos. Fazer caminho e não apenas, seguir caminho, é tão importante quanto o facto de não sermos todos iguais. Cada um vai tirando o melhor partido desta aprendizagem, introduzindo á sua medida, os valores propostos. Este caminho é individual mas não solitário.

O caminheirismo é uma fraternidade do ar livre e do serviço, o resto vem naturalmente na vivência articulada dos valores em 4 dimensões (etapas de Progresso):

O caminho - simboliza a passagem da adolescência á idade adulta com o desafio de escolher um itinerário de descoberta e de ação;

A comunidade - dimensão que engloba a consciência de haver um mundo envolvente que avança simultaneamente com os seus sucessos e os seus problemas, do qual o caminheiro faz parte;

O serviço - uma marca forte deste caminho rumo ao "Homem Novo" com a descoberta da força interior trazida pela vivência das Bem-Aventuranças;

A partida, que exprime simbolicamente que o acto de caminhar, é em si mesmo mais importante do que o facto de chegar. No final do tempo no Clã, o caminheiro não chega ao fim da sua caminhada, mas "parte". Porque o fim de uma caminhada é sempre o início de outra. 


Simbologia

 

No método escutismo, recorre-se a linguagem simbólica que ilustra e representa de uma forma concreta os valores propostos.

Dentro da mística da IV secção surgem-nos os seguintes símbolos:

 

 

  Vara Bifurcada

Expressão das encruzilhadas da vida e da necessidade constante de tomar decisões para avançar;


 

 

 Mochila

Simboliza o desprendimento e a determinação de ir mais além, contendo apenas o essencial para a jornada que vai viver

 

Tenda

Sinal de mobilidade e prontidão para se pôr em marcha, mas também da necessidade de paragem temporária, para refletir e interiorizar os acontecimentos da jornada.

 

Pão

Transportado na mochila é o alimento do corpo, dado em partilha e comunhão.

 

 

Evangelho

Simboliza o alimento do Espírito, anúncio da Boa Nova de Cristo.

 

Fogo

É o fogo que ilumina e aquece o peregrino durante a sua caminhada é assim também o sinal da descida do Espírito Santo.